Gestão do Tempo

Procrastinação – 4 razões para falhar os objectivos

Procrastinação é uma palavra complicada, e ainda mais complicados são os efeitos da mesma na produtividade e na nossa gestão do tempo. Procrastinação vem do latim procrastinatus: pro– (à frente) e crastinus (de amanhã). A procrastinação é uma disposição comportamental que leva a adiar e a evitar determinadas tarefas ou certas decisões. Este comportamento de fuga é causado pela existência de outras actividades mais agradáveis e que assumem, aparentemente, maior saliência no imediato.

A procrastinação é algo que muitos de nós nos deparamos todos os dias. Quer por hábito, quer por feitio. Muitas vezes não encontramos a motivação para realizar determinada tarefa ou actividade, arranjando uma variedade de desculpas, hábitos, pensamentos e medos que nos absorvem no comportamento diário. No entanto a procrastinação pode ser facilmente ultrapassada se simplesmente tivermos tempo para perceber a dinâmica complexa deste ritual comum. Aprendendo algumas estratégias simples mas eficazes (que nos assistem a atingir um estado motivado) ajudarão à criação da força necessária para perseguirmos os objectivos com energia reforçada.

Compreender a dinâmica da procrastinação passa por conhecer as razões pelas quais o fazemos. Em seguida enumero quatro dessas razões:

1 – Medo do Fracasso

Muitas pessoas  adiam fazer algo por medo de falhar. Se apenas falarem das suas esperanças e sonhos, mas não fizerem nenhum esforço para os alcançar, nunca irão falhar.

Se no entanto as pessoas agirem para realizar os sonhos, mas não o conseguirem, têm medo de ser vistos pelos outros como falhados.

Mesmo que a meta não seja atingida, o acto de tentar deve ser uma recompensa por ele mesmo. Parte da aprendizagem baseia-se na experiência, e a mesma só pode ser obtida através da acção. A maior parte das pessoas reconhecem o esforço independentemente do resultado. O acto de tentar é um acto de bravura. O acto de evitar é um sinónimo de covardia. Não caia na armadilha de usar o medo como desculpa para procrastinar. Lembre-se: a maior parte das pessoas bem sucedidas não o conseguiram por um golpe de sorte, mas sim por persistência.

2 – Sentir-se Esmagado

Por vezes olhamos para um objectivo e o facto de haver tanto a ser feito simplesmente deixa-nos “esmagados”. Essa sensação deixa-nos paralisados, impedindo-nos de dar o primeiro passo em direcção ao objectivo.

Cada objectivo da sua vida (pessoal ou profissional) deve ser decomposto em partes mais pequenas. Para cada parte deve definir as tarefas e acções a realizar para ser bem sucedido. Se olhar para o objectivo final o deixa oprimido, olhe antes para os pequenos degraus do caminho a percorrer. Dê um passo de cada vez sem se preocupar com o próximo e avance a cada pequena vitória. Antes de você dar por ela já chegou ao topo da escada e encontrou o sucesso.

3 – Natureza Humana

O ser humano tende a evitar o que causa sofrimento ou dor, e acabar por cair no que é fácil ou dá prazer. A fim de evitar a procrastinação devido à dificuldade ou natureza pouco atraente de uma tarefa, comprometa-se em acabar as tarefas mais desagradáveis primeiro. Aborde essas tarefas com uma atitude positiva. Aperceba-se que quanto mais cedo a começar e quanto mais depressa a fizer, mais cedo ela terminará.

Se conseguir resolver os problemas mais difíceis primeiro, o caminho seguinte até ao objectivo final será muito mais suave.

4 – Perspectiva

Se olharmos para uma tarefa como sendo difícil, assim será que ela vai ser para nós. Em vez de temer uma missão, veja-a como uma oportunidade para se destacar. Se o escolherem para realizar um trabalho de pesquisa, encare-o como uma oportunidade para ganhar conhecimento e alargar os seus horizontes. Ao abordar um projecto com entusiasmo poderá transformar uma simples tarefa em prazer. Tente mudar a sua perspectiva para ultrapassar a procrastinação e atingir os objectivos mais facilmente.

 

Uma ironia da procrastinação é que muitos de nós nos queixamos da falta de tempo. Mas isso não impede a mesma pessoa que diz ter falta de tempo, procrastinar e ficar sentada deixando o tempo passar, impassível, temendo o trabalho que a espera. Se apenas arregaçarmos as mangas e começarmos, facilmente nos vai parecer que o dia tem mais horas e iremos encontrar tempo para tudo.

Se você tem tido dificuldade para atingir os seus objectivos olhe para os passos para atingir o sucesso neles e questione se caiu nas profundezas da procrastinação. Examine e descubra as causas que o levam a procrastinar e no final prometa a si mesmo que não vai deixar que a procrastinação lhe mate as esperanças e os sonhos.

 

Em jeito de conclusão deixo a música de António Variações “É pr’amanhã”, dedicada a todos os procrastinadores. Mas lembrem-se: ao contrário do que a música diz, não deixem para amanhã o que podem fazer hoje!

youtube
please specify correct url
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookCheck Our Feed